Custos de produção de lítio no Chile caem com royalty menor

Custos de produção de lítio no Chile caem com royalty menor

Escrito em 14/09/2020


Ultima análise do mercado de lítio pela Roskill mostra queda de custo das operações das chilenas SQM e Albemarle em 2020. Além do impacto positivo da desvalorização do peso chileno (que em 2020 apresenta cerca de 20% de queda em relação a 2018), o mais significativo foi o declínio nas obrigações de pagamento de royalties para a Corporación de Fomento de la Producción (Corfo).

A partir de 2017, a Corfo introduziu uma nova estrutura de royalties para as operações no Salar de Atacama, no Chile, que elevou significativamente a base de custos de produção dessas operações. Esses royalties são pagos em escala ajustável, com pagamentos de 40% sobre os preços do carbonato de lítio acima de US$ 10.000/ t.

A queda no preço do lítio fez com que os pagamentos de royalties dessas empresas se reduzissem à metade entre 2018 e 2020, favorecendo, no fim, o preço final do produto.