Projeto Compactos da Usiminas aguarda aprovação do conselho

Projeto Compactos da Usiminas aguarda aprovação do conselho

Escrito em 13/08/2020
Redação Minérios


O Projeto Compactos, que prevê ampliação da capacidade de produção da Usiminas Mineração (Musa) para 29 milhões de t/ano, depende de aprovações finais do conselho de administração do grupo.

De acordo com o gerente-geral de Sustentabilidade da Musa, André Chaves, em entrevista ao Diário do Comércio de Belo Horizonte (MG), os estudos do projeto avançaram bastante nos últimos tempos.

Compactos é um projeto que é a continuidade de outra iniciativa da empresa, chamada Friáveis, lançada logo após a aquisição da planta pela Musa, e que ampliou a capacidade instalada das usinas de beneficiamento de minério de ferro da empresa de 8 milhões de toneladas para 12 milhões.

Embora antigo, o projeto Compactos nunca saiu do papel, mas agora parece querer avançar no terreno prático, até pelo crescimento mais sólido da demanda de minério de ferro.

Por outro lado, a Musa já deu início a implantação de outro projeto em sua planta em Itatiaiuçu, na região de Serra Azul, em Minas Gerais. Trata-se da disposição de rejeitos a seco no processo de beneficiamento do minério. Com investimentos de R$ 160 milhões, a mineradora introduz o método dry stacking na unidade. Esse projeto envolve a construção de uma planta de filtragem.

11º Workshop OPEX 2020 será dias 20 e 21 de outubro

 A revista Minérios & Minerales reprogramou o 11º Workshop OPEX 2020 para os dias 20 e 21 de outubro, com auditório presencial e seguindo todos os protocolos de segurança definidos pelas autoridades de Saúde.

As palestras serão realizadas na modalidade presencial e também remotamente, no centro de transmissão por streaming pela internet instalado no local (Região de Belo Horizonte), onde será realizada ainda a entrega dos diplomas e troféus aos vencedores do 22º Prêmio de Excelência Minero-Metalúrgica Brasileira.

Dois auditórios terão sessões simultâneas de palestras, com transmissão por streaming, sobre os seguintes temas: novos investimentos em expansão e projetos de mineradoras; projetos eleitos pelo júri no 22º Prêmio de Excelência; Tecnologia de Barragens e Tratamento de Rejeitos; Automação de Processos; Manutenção Industrial etc.